fbpx

Governo federal anuncia benefício extra de R$ 200 para beneficiários do Bolsa Família com NIS 1 a 0. Veja como consultar e mais detalhes.

O governo federal anunciou o pagamento de um benefício extra de R$ 200 para beneficiários do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) final 1 a 0.

O pagamento, que será depositado diretamente na conta do programa, é composto por duas parcelas: R$ 150 referentes ao Benefício Primeira Infância (BPI) e R$ 50 do Benefício Variável Familiar (BVF).

O Benefício Primeira Infância é destinado a famílias com crianças de 0 a 6 anos, enquanto o Benefício Variável Familiar contempla gestantes, lactantes e jovens de 7 a 18 anos incompletos. A medida visa fortalecer o apoio às famílias mais vulneráveis e garantir o desenvolvimento das crianças e adolescentes.

O pagamento do benefício extra já começou e segue o calendário regular do Bolsa Família, de acordo com o final do NIS.

Para saber a data exata do depósito, os beneficiários podem consultar o aplicativo do Caixa Tem ou entrar em contato com a Caixa Econômica Federal.

Essa iniciativa do governo representa um importante reforço no combate à pobreza e à desigualdade social no país, garantindo que as famílias mais necessitadas tenham acesso a recursos essenciais para sua subsistência e bem-estar.

Antecipação do Bolsa Família até dezembro de 2024

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) anunciou uma importante medida para auxiliar as famílias gaúchas afetadas pelas recentes enchentes: a unificação do calendário de pagamentos do Bolsa Família até dezembro de 2024.

Com a mudança, os beneficiários do programa no Rio Grande do Sul poderão sacar o benefício integralmente já no primeiro dia do calendário de pagamento, independentemente do dígito final do Número de Identificação Social (NIS). A iniciativa visa facilitar o acesso aos recursos e agilizar o processo de recuperação das famílias.

O ministro Wellington Dias, titular do MDS, reforçou o compromisso do Governo Federal em apoiar a população gaúcha neste momento de reconstrução e destacou a importância do Bolsa Família para a subsistência das famílias em situação de vulnerabilidade.

A medida é mais uma demonstração do esforço conjunto entre o governo federal e estadual para minimizar os impactos das enchentes e garantir o bem-estar da população atingida.

Conclusão

Essas ações do governo federal são essenciais para apoiar as famílias brasileiras mais vulneráveis, oferecendo um alívio financeiro crucial em tempos de necessidade.

A concessão do benefício extra de R$ 200 e a antecipação dos pagamentos do Bolsa Família no Rio Grande do Sul mostram o compromisso do governo em garantir a segurança e o bem-estar das famílias em situação de vulnerabilidade.

É um passo significativo para reduzir a pobreza e promover a igualdade social no país.

Tags

  • Bolsa Família
  • Benefício extra
  • NIS